A Intenção Narrativa

A projeção do objetivo comunicacional, numa oratura, pode ser medido pelo impacto na audiência. Trata-se duma técnica de expressividade que implica o desenvolvimento da congruências entre o verbo e as posturas corporais. A coordenação entre uma narrativa feita de verbos ativos, frases curtas ajudam a establecer uma ligação mais eficaz com as posturas físicas.

Judith Cortesão

Caminhos da Memória

 

É com um prazer muito especial que este blogue conta, a partir de hoje, com a colaboração de Manuel António Pina.

 
Um texto de Manuel António Pina  (*)
Originalmente publicado em NotíciasMagazine, de 20/10/2008 (aqui com ligeiras modificações).

 
Conheci-a em 1974, nos improváveis dias do 25 de Abril. Ao longo de madrugadas intermináveis, sonhávamos então o mais excessivo dos sonhos, o da Liberdade. Nós tínhamos 20 ou 30 anos, ela 60. Atordoados, nós acordávamos, esfregando ainda deslumbradamente os olhos, de uma obscura noite sem sonhos; ela transportava consigo algo raro, um passado. E algo luminoso, a que, por não saber que nome tem, chamo fidelidade. Deslumbramento e fidelidade eram tudo o que possuíamos; com tão pouco, tentávamos ensinar a sonhar, na campanha de dinamização cultural do MFA, gente que, como aquela, ciméria, de que fala Plínio, nunca sonhara.

Com Judith Cortesão descobrimos o mais esquecido…

Ver o post original 400 mais palavras

Recommendation concerning the Status of Higher-Education Teaching Personnel

Recommendation concerning the Status of Higher-Education Teaching Personnel 11 November 1997 PreambleThe General Conference of the United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (UNESCO), meeting in Paris from 21 October to 12 November 1997, at its 29th session, Conscious of the responsibility of states for the provision of education for all in fulfilment of Article 26 … Continue lendo Recommendation concerning the Status of Higher-Education Teaching Personnel